terça-feira, 30 de junho de 2020

Dicas para facilitar à aprendizagem nas aulas remotas.


O ano de 2020 nunca mais será esquecido. Em um momento de pandemia mundial,  foi necessário reinventar a forma de viver, trabalhar e conviver, principalmente para os que respeitam a quarentena, pois esses sim,  valorizam suas vidas e têm empatia pelas vidas dos outros.
Serviços essenciais foram adaptados  e a  comunicação nos dias atuais é de maneira online. Complicado pensar nisso, porque em meio a essa problemática, percebeu-se que o Brasil está longe de ser um país com inclusão digital e acesso a internet a todos. Ou seja, uma grande parcela da população, não tem acesso a informação disponível pela internet. Pois inclusão digital não é só saber mexer em redes sociais, mas é também saber se comunicar, manusear e participar do meio digital com facilidade.
No mês de junho, a Secretaria de Educação do Distrito Federal, deu início a um novo método de ensino–aprendizagem, a educação remota, através do aplicativo Google Sala de Aula. Não é o ideal, mas é o possível para o momento. Em meio a tantas críticas que concordo, venho aqui dar algumas dicas para as famílias de como melhorar e contribuir para a aprendizagem dos seus filhos nesse momento tão complicado. E são elas:

1 – Toda aprendizagem requer organização e disciplina, por isso é  de extrema importância escolher um horário e um turno durante o dia  para dedicar-se  as atividades escolares, mesmo que as aulas fiquem gravadas no youtube, com isso, a criança ou adolescente já irá internalizar que aquele horário é pra estudar . Brincar, só depois de estudar!

2 - Se possível, escolha um ambiente arejado, organizado e iluminado para a realização das tarefas escolares, pois um ambiente agradável, facilita muito a aprendizagem. Pode ser o “ cantinho de estudo”.

3 – Se ficar com dúvidas nas atividades, assista aos vídeos mais de uma vez, pois ficarão gravados, além de usar a internet para pesquisar outras fontes sobre o conteúdo.

4 – Não tenha medo do novo, mesmo que essa nova forma de ensino seja uma maneira nova de aprender, não se acomode, busque entender melhor a plataforma e busque ajuda da escola sempre que possível.

5 – Esteja sempre em contato com o professor(a), não tenha receio de perguntar e nem de errar, pois o erro é o caminho para o acerto.

6 – Evite deixar as crianças ou adolescente muito tempo com o celular, em  atividades não relacionadas à aula, pois  o uso excessivo de aparelhos eletrônicos  pode causar danos a vista e até a memória. Estimule seu filho ou filha a jogar mais jogos de tabuleiro(xadrez, ludo, dama e etc), que estimulam o raciocínio lógico, se possível jogue com eles.

7 – Esporte também é um boa pedida para estimular um bom desenvolvimento motor das crianças e adolescentes, mas nesse momento é melhor  limitar -se ao espaço doméstico, por isso, se não tiver área ou quintal para tal prática, foque somente nos jogos de tabuleiro.

8– Revise os conteúdos sempre que possível com seu filho ou filha, a aprendizagem significativa é bem mais fácil de ser  assimilada.

9 – Fale sempre que possível sobre a  importância de estudar,  estimule seu filho ou filha  com frases de incentivo, exaltando sempre que ele é capaz.

10 – Incentive sempre a leitura para as crianças e adolescente, diminuindo o uso excessivo de celular, pois quem tem o hábito da leitura, escreve bem e se desenvolve intelectualmente. Se seu filho ou filha ainda não tem o hábito, comece dando a ele gibis,  depois ofereça outras opções de leituras.

      11 - Se possui mais de um filho ou filha, estimule os irmãos mais velhos a ajudarem os irmãos mais novos nas atividades, explique a importância de transmitir conhecimento e de ajudar os pais nesse novo desafio.


     12 – Uma boa noite de sono, produz boa memória , melhora o humor, a disposição, ajuda no combate a depressão e ansiedade,  o que  facilita na aprendizagem, onde a mente fica mais aberta para assimilar conteúdos, por isso, evite usar aparelhos eletrônicos perto do horário de ir dormir, o recomendado é uma hora antes de dormir, não ter mais contato. Estabelecer o horário de dormir, também é de extrema importância. Lembre-se que, criança precisa ter rotina.


    Espero que essas dicas facilitem no estudo das crianças, adolescentes e na condução das  famílias nesse “ novo normal” das escolas e do ensino.


Karla Ramalho

Pedagoga – (Universidade Estadual de Goiás)
Especialista em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça – (UnB)
Estudante de Psicopedagogia – (Instituto IFI Educação)
Professora do 5º ano da Escola Classe Cachoeirinha – área rural de São Sebastião – DF.


2 comentários:

Dicas para facilitar à aprendizagem nas aulas remotas.

O ano de 2020 nunca mais será esquecido. Em um momento de pandemia mundial,   foi necessário reinventar a forma de viver, trabalhar e c...