segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Amor...apenas momentos!


Mais uma paixão
Que abdico
Se ao menos ter vivido
Apenas sonhado
Amado dentro de mim.
Tenho que eternizar
Minhas paixões
Momentâneas
Para que elas possam
Ser meu consolo
Aquelas mais profundas
Deixo que sejam esquecidas
Pois nunca fui a fundo
Começo a entrar dentro delas
Mas no meio do caminho
Tropeço e retorno
Não enxergo mais.
A escuridão me traz
A eterna dúvida
Se vale a pena tentar
Ou deixar que meus sentimentos
Sejam apenas momentos.

(Karla Ramalho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário