segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Saber de mim...


Pois faço tudo aquilo que (não) desejo
Procurando saber de mim
Só me encontro nos meus medos
Sou um labirinto sem fim.

Em extremos de sentimentos
Continuo errando
Mas o que busco
É apenas o certo.

Se finjo
É pra fugir de tudo que machuca
Se guardo mágoas
É tentando esconder a dor.

Quando me bate um vazio
Busco as fórmulas instantâneas de prazer
E seja como for
Momentaneamente
Tudo isso me conforta.

Procuro o que parece claro
Em tudo aquilo tão escuro
Procuro o caminho certo
Em tudo aquilo que parece sem rumo.

Faço assim
Dessa maneira
Não sabendo onde parar
Desculpe meus modos
Desculpo a mim mesma.

Estou apenas tentando aprender
Tentando me conhecer
De alguma forma
Não julgue-me pelos meus atos.

Perdoe meu jeito de pensar
Busco apenas uma saída
Na verdade
Busco apenas
Saber de mim.


Karla Ramalho


Música do momento:
"...mais uma vez sinto vontade de tocar o céu..."(A poesia - Ataque Beliz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário