segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Hoje, exatamente hoje!


Hoje, exatamente hoje!
Guardo para sempre
Mais um amor
Que amei sozinha.
Hoje, exatamente hoje!
Parto para outra
Sem nunca ter vivido.
Hoje, exatamente hoje!
Eu esqueço um alguém
Que nunca tive.
Hoje, exatamente hoje!
Sinto que perdi
Sem ao menos ter tentado.
Hoje, exatamente hoje!
Viro mais uma página
Dessa história
Que nunca foi escrita.


Karla Ramalho

(Para outro alguém, que amei secretamente...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário