segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Viajante!


Mais uma vez na condução
Várias casas
Paisagens rápidas
Eterno ciclo
Indo e vindo
Sem lógica exata
 Mas voltando
Para o lar
Qualquer um dos lados
Nessas idas e vindas
Na função de passageiro.
Com janelas gigantecas
O sol se despede
Em grande estilo
Seus últimos raios
Iluminam meu rosto
Clareiam meus olhos
Me purifica.
Últimos raios
Que são apenas um até logo
Pois é hora do descanso
Hora da chegada.
Quando as horas acabarem
Ou retornarem
O ciclo começa
E mais uma vez
Estarei indo ou vindo.


Karla Ramalho


...viver é bom, nas curvas da estrada...(Cazuza)

Nenhum comentário:

Postar um comentário